Chökyi Nyima Rinpoche

Chökyi Nyima Rinpoche, em Rajgir, Índia, 2006No sétimo mês lunar de 1951, Tulku Chökyi Nyima Rinpoche nasceu na família Tsangsar como filho primogênito de Tulku Urgyen Rinpoche.

Aos 18 meses de idade, Chökyi Nyima – Sol do Dharma – foi reconhecido como a 7ª encarnação do lama Drikung Kagyu, Gar Drubchen, um mahasiddha tibetano e emanação espiritual de Nagarjuna, renomado filósofo budista indiano do século II. Logo após esse reconhecimento, foi entronizado no monastério do seu antecessor, Drong GonTubten Dargye Ling, em Nakchukha, no Tibete Central.

Em 1959, Chökyi Nyima Rinpoche e seu irmão mais novo, Tsikey Chokling Rinpoche, ingressaram na Escola de Jovens Lamas em Dalhousie, na Índia. Aos 13 anos, Rinpoche foi para Rumtek, renomada sede da Escola Kagyu de Budismo Tibetano, onde passou 11 anos estudando as tradições Karma Kagyu, Drikung Kagyu e Nyingma, sob a orientação de mestres eminentes como Sua Santidade 16º Gyalwang Karmapa, Kyabje Dilgo Khyentse Rinpoche e Kyabje Tulku Urgyen Rinpoche.

Plenamente envolvido no estudo de tratados filosóficos clássicos, como o Abhidarma Kosha de Vasubhandu, os Cinco Textos de Maitreya, o Pramanavartika de Dharmakirti, o Bodhicarya Avatara de Shantideva e Madhyamaka Avatara de Chandrakirti, Tulku Chökyi Nyima obteve seu diploma de khenpo quando ainda era bem jovem.

S.S. 16º Karmapa, no Monastério Ka-Nying Shedrub LingEm 1974, Chökyi Nyima Rinpoche deixou Rumtek, onde tinha sido assessor pessoal de Rangjung Rigpey Dorje, o 16º Karmapa, e se juntou a seus pais e irmão mais novo em Boudhanath, um subúrbio de Catmandu. Sob a orientação do 16º Karmapa, a família fundou o Monastério Ka-Nying Shedrub Ling ao norte da Grande Stupa de Jarung Khashor, em Boudhanath. Em 1976, S.S. Karmapa deu a Rinpoche, que na época tinha apenas 25 anos, a incumbência de se tornar o abade do monastério. Sua Santidade também recomendou que Rinpoche voltasse seus esforços para ensinar os praticantes ocidentais. Para cumprir essa diretriz, Rinpoche aprendeu a falar o inglês e começou a oferecer ensinamentos de fim de semana para a florescente comunidade ocidental no Nepal, bem como aos viajantes interessados. Essa série de palestras públicas gratuitas, que passaram a ser conhecidas como “Palestras de Sábado”, continuam ativas até hoje.

Chökyi Nyima Rinpoche fundou o Rangjung Yeshe Institute for Buddhist Studies (RYI), uma faculdade budista internacional, ou “Shedra”, que oferece uma educação budista aprofundada para estudantes internacionais. O RYI então instituiu o Centro de Estudos Budistas na Universidade de Catmandu, uma instituição dedicada à formação e pesquisa acadêmica que oferece diplomas de Bacharelado (BA), Mestrado (MA) e Doutorado em Estudos Budistas e Línguas do Himalaia para estudantes locais e estrangeiros.

Chokyi Nyima Rinpoche and HH Dilgo Khyentse Rinpoche 1986Rinpoche também criou a Rangjung Yeshe Publications com a intenção de divulgar traduções de alta qualidade da autêntica literatura budista. Erik Pema Kunsang é o principal tradutor da maioria das publicações.

Além disso, Rinpoche instituiu o Dharmachakra Translation Group, um comitê de especializados tradutores dedicados a traduzir e publicar tratados budistas clássicos dos cânones das escrituras em tibetano e sânscrito.

Rinpoche possui um bom domínio da língua inglesa e vem instruindo um número cada vez maior de estudantes ocidentais na prática de meditação desde 1977. Além disso, a cada outono, Rinpoche realiza o Seminário de Outono sobre os Ensinamentos Budistas, de dez dias de duração. Os temas abordados por ele variam do mais fundamental para o mais esotérico.

Muitos dos seus Centros de Darma de Budismo Tibetano, ou Gomdes, atualmente oferecem retiros de ensinamentos e meditação para estudantes dos Estados Unidos, México, Áustria, Dinamarca, Malásia, Rússia, Escócia e Reino Unido. Pequenos grupos de estudo também se formaram sob sua direção em muitos outros países.

 Chökyi Nyima Rinpoche e Tulku Urgyen Rinpoche, no Nagi GompaPor mais de 40 anos, Chökyi Nyima Rinpoche vem provendo assistência e a educação espiritual de quase 500 monges e monjas que residem principalmente no Monastério Ka-Nying Shedrub Ling, no Centro de Retiros da Caverna Asura e no Eremitério Nagi Gompa. Seu desejo sincero é duplicar o número de praticantes ordenados. Suas expectativas de crescimento fazem com que seus monastérios e centros de retiros passem constantemente por melhorias e expansão.

Nesse meio tempo, grande parte da vida cotidiana de Rinpoche é dedicada às necessidades espirituais da congregação local dos praticantes leigos tibetanos e nepaleses. Como complemento da sua atividade local, e para a melhoria da comunidade ao redor do monastério, Rinpoche fundou a instituição de caridade Shenpen. O Shenpen atende as necessidades práticas dos menos favorecidos, tais como saúde e educação, presta socorro às vítimas de terremotos e é administrado por alguns estudantes ocidentais próximos a Rinpoche.

Para saber mais sobre as múltiplas atividades do Rinpoche, acesse:
shedrub.org


 

‹ Go back to Teachers overview